OS SISTEMAS SENSORIAIS E O AUTISMO

OS SISTEMAS SENSORIAIS

É um conjunto de órgãos dotados, de células especiais chamadas de receptores. Através dos receptores, o indíviduo capta estímulos, e informações do ambiente que o cerca e do seu próprio corpo. Em humanos, os principais órgãos do sistema sensorial são: pele, língua, nariz ouvido e olhos.

COMO SÃO AS ALTERAÇÕES SENSORIAIS NO AUTISTA?

SÍSTEMA TÁCTIL

É sentido a partir da nossa pele, ele é o limite entre o nosso corpo e aquilo que está em nossa volta. Se caracteriza pela discriminação da textura, do peso, da forma, do tamanho, da temperatura, consistência .

Para o ser humano o toque traz um grande significado: estimula, alivia, combate o stress e melhora o batimento cardiaco, entre outros diversos beneficios.

HIPOSSENSIBILIDADE

  • Não têm percepção de feridas ocasionadas na pele;
  • Não distingue quando está sendo tocado;
  • Têm dificuldade de reconhecer um objeto só pelo tato;
  • Não percebe quando deixa algo cair;
  • Coloca a mão na boca com frequência;

HIPERSENSIBILIDADE

  • Reage de forma negativa com a textura de alguns alimentos;
  • Têm sensibilidade ao toque e algumas vezes se nega a tentativa;
  • Apresenta não gostar de contato físico;
  • Têm dificuldade de esperar;
  • Não gosta de proximidade;
  • Descarta alguns objetos e brinquedos;
  • Apresenta empatia por determinados tipos de efeitos;
  • Têm necessidade de repetir atividades

VESTIBULAR

O Sistema vestibular nos permite identificar a posição dos olhos em relação a cabeça e da cabeça em relação ao corpo, permite coordenar ambos os lados do corpo, cabeça e os movimentos dos olhos e manter o equilíbrio. Distingue a gravidade e o movimento da cabeça em relação ao corpo.

HIPOSSENSIBILIDADE

  • Procura constante movimento;
  • Não conseguem ficar parados;
  • São impulsivos;
  • Se colocam em risco;
  • Gostam de ficar de cabeça para baixo;

HIPERSENSIBILIDADE

  • Seletividade alimentar;
  • Explosão emocional;
  • Sentem medo ou enjôo com os movimentos;
  • Apresenta ansiedade;

PROPRIOCEPTIVO

Também denominada cinestesia, é o termo utilizado para reconhecer a localização espacial do corpo, sua posição , orientação, sua força exercida pelos músculos, e a posição de cada parte do corpo, em relação as demais sem utilizar à visão.

HIPERSENSiBILIDADE

  • Possuem uma postura como se estivessem com preguiça;
  • Evitar movimentos bruscos;
  • Preferem ficar parados;
  • Má postura;
  • Andam nas pontas dos pés e apresenta inquietação motora;
  • Evita atividades que exijam equilíbrio;
  • Evitam ao maximo contato com texturas diferentes;
  • Aparentam ser desordenados

HIPOSSENSIBILIDADE

  • Usam muita força;
  • Escalam pessoas e muros;
  • Pobre consciência corporal e espacial;
  • Mordem, batem e dão ponta pé;
  • Gostam de bater;

VISUAL

O órgão da visão são os olhos o globo oculares, situados nas cavidades orbitárias e possuem em sua estrutura: retina, esclerótica, coróide, humor aquoso, humor vitreo, cristalino, pupila, íris e córnea.

HIPOSSENSIBILIDADE

  • Não é detalhista;
  • Não encontra um objeto em meio a diversidade de possibilidades;
  • Apresenta foco aonde as luzes são chamativas e ficam horas em frente a TV;

HIPERSENSIBILIDADE

  • Dificuldade de realizar discriminação de objetos quando esses têm diferentes aspectos;
  • Sente, fadiga, cansaço e irritação quando forçado a realizar atividades visuais complexas;
  • Gosta de lugares menos luminosos ;
  • Evita o contato visual;

AUDITIVO

É responsável pela percepção, e interpretação das ondas sonoras.

HIPOSSENSIBILIDADE

  • Dificuldade de controlar o volume da voz;
  • Fala em voz alta e gesticula muito

GUSTATIVO E OLFATIVO

Se trata da aptidão de reconhecer os gostos e substâncias colocadas sobre a língua.

  • Apresenta sensibilidade quanto ao sabor e cheiro;
  • Apresenta seletividade alimentar;
  • Recusa a experimentar algo novo;
  • Pode apresentar dificuldade em ingerir alimentos devido ao cheiro e texturas;
  • Pedaços grandes e temperaturas;

Portanto em geral o autismo costuma apresentar algum conflito, na área sensorial sendo possível apresentar reações adversas aos excessos de estímulos do ambiente como sons, luzes e volume. Estar fora da sua zona de conforto natural e da sua rotina pode ocasionar crises de choro e gritos. Devido a isso é necessário sempre analisar as mudanças em sua rotina, ambiente e alimentação.

Os autistas podem ser hiposensíveis, quando não conseguem perceber os estímulos do ambiente ou hipersensíveis quando os estímulos são tão profundo que dificulta a compreensão das informações.

Referências Bibliográficas:

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.