Preposição

É a palavra que liga dois termos de uma oração, é invariável e apresenta diversos sentidos na palavra que realiza a ligação . Quando dois termos são ligados por uma preposição eles se tornam dependentes um do outro. Isto torna uma relação de significado entre os termos.

Sendo que o primeiro termo é considerado  regente, após vem a proposição e a presença do segundo termo ( Termo regido ou subordinado).

Exemplo:

Amo os textos de Cecília Meireles ( indica autoria.)

Perdi o livro de Paulo 

Alguns significados utilizados pela preposição:

Assunto-  Exemplo: Vamos falar sobre nossa situação

Autoria: Livro  de Jean Piaget.

Causa: morrer de fome.

Limite – Andar até alcançar

Lugar – Colocar algo sobre o balcão. Morar em Manaus ( lugar de destino)

Companhia – Passear  com as filhas

Conteúdo – Caneca de chá

Distância – Viajar a uma distância considerada

Fim ou Finalidade – Ir para ajudar

Meio – Viajar de ônibus 

Classificação das Preposições

Podem ser classificadas como essenciais e acidentais

Essenciais – São as palavras que só funcionam como preposições: a ante, após, trás, sobre, sob, perante, , com, contra, desde, em entre. para.

Acidentais – São palavras de outras classes gramaticais, que às vezes são usadas como preposição:  afora, durante, conforme, exceto, mediante, menos, salvo segundo visto.