Teoria da aprendizagem

O desejo de compreender como ocorre a aprendizagem é algo procurado pelo ser humano desde a antiguidade, devido a isto a muito que é estudado como se desembaça as áreas cognitivas que leva o indivíduo ao processo de construção do conhecimento. Podemos dizer que aprender é a mudança de comportamento realizada a partir das experiências pessoais, emocionais, neurológicas, ambientais e relacionais. Em meio a esta busca foi construído diversas teorias da aprendizagem, podemos dizer que um dos fatores básicos é a cultura pois ela influencia o indivíduo a partir da sua relação com o meio.

A aprendizagem gera:

  • A transformação do comportamento;
  • Estruturação pessoal adquirida pela experiência;
  • Processo de aprendizagem;
  • Processo de ensino;
  • Resultados;

Abordagem comportamentalista

O movimento comportamentalista foi fundado por Wattson (1878 – 1958). Definiu o cenário do behaviorismo e passou a dominar a psicologia. Distanciou-se do método empírico, usou o método experimental da psicologia e sua contribuição trouxe transformação para a psicologia transformando-a em ciência. Defendia que o meio ambiente é um fator fundamental para a ocorrência da aprendizagem.

O principal objetivo do seu método é eliminar comportamentos prejudiciais e contribuir para a aquisição de novos comportamentos que possam promover aspectos positivos para o aluno e a sociedade.

Ivan Pavlov (1849 – 1936), Construiu a teoria dos reflexos condicionados, através de experiências com um cachorro, através de seus estudos sobre a fisiologia do sistema gastrointestinal de cães, possibilitando a criação de uma das primeiras abordagens realmente objetivas e científicas para o estudo da aprendizagem, pois adaptava a metodologia das pesquisas em Fisiologia.

A teoria de Pavlov se baseia pelo condicionamento e investigação. Sua contribuição para a teoria da aprendizagem para a psicologia consiste que pessoas e animais são capazes de entender as relações entre estímulos, aprender novas respostas, podendo ampliar e criar modificações com base nesse resultados.

O behaviorismo enfatiza o papel dos estímulos na aprendizagem, os estímulos discriminativos e os estímulos reforçadores.

Frederic Skinner (1904 – 1990) Seus pensamentos foram os mais notáveis sobre o behaviorismo, contribuiu de forma significativa para a prática para a psicologia, em escolas e consultórios até os anos de 1950.

A palavra chave de seus estudos é “Comportamento” . Para ele a aprendizagem se dá a partir de estimular ou reprimir comportamentos desejáveis ou não desejáveis.

Ele reconhecia a necessidade da repetição em sala de aula pois considerava que repetindo é possível memorizar e aprender .

A aprendizagem ocorre quando há um projeto de ensino que administre os comportamentos, fornecendo reforço positivo quando há um comportamento favorável, até que este se torne um hábito e realizando uma advertência quando o resultado é negativo. Podemos dizer que a aprendizagem ocorre quando há estímulos e reforços.

Teoria Humanista

O estudo da teoria humanista é imprescindível ao educador, pois o leva a compreender que há um grande caminho a ser percorrido por todos, possibilitando novas aprendizagens, criatividades, construção de valores e muitas realizações. As reflexões acerca desta teoria nos leva considerar e observar as mudanças necessárias para a relação professor e aluno e das grandes transformações que podem ocorrer a partir daí.

Também dá ênfase as relações interpessoais, no ensino centrado no aluno e em todos os processos que contribui para a construção do individuo no aspecto integral, e do seu autoconhecimento. Cal Rogers, entende que cada um têm uma forma de aprender distinta e peculiar que cada aluno têm suas próprias características, levando em consideração suas vivencias e contexto de vida.

Abordagem cognitivista

A abordagem cognitivista diferencia a aprendizagem mecânica da aprendizagem significativa.

Sendo que a aprendizagem mecânica _ refere-se à aprendizagem de novas informações com pouca ou nenhuma associação com conceitos já existentes na estrutura cognitiva.

A aprendizagem significativa processa-se quando um novo conteúdo ( ideias ou informações) relaciona-se quando um novo conteúdo (ideias ou informações) relaciona-se com conceitos relevantes, claros e disponíveis na estrutura cognitiva, sendo assim assimilado por ela. Ao contrário do Behaviorismo que tem em seu estudo o comportamento humano, o cognitivismo, visa analisar a mente, o ato de se reconhecer e como o individuo constrói seu conhecimento acerca do mundo, analisando os aspectos que intervém nos processos de estímulos e respostas e como o externo influência na aprendizagem. Essa abordagem é multidisciplinar.

Call Ramson Rogers (1902-1987) Psicólogo norte americano. Desenvolveu a psicologia humanista. Sua terapia se define como não diretiva e centrada no cliente, para ele o terapeuta era apenas um facilitador do processo. Seu método correspondia à ideia que ele tinha da natureza humana. Considerava que cada pessoa poderia se reconstruir e ser capaz de resolver seus próprios problemas. Como terapeuta preferia levar o cliente (paciente) a agir de uma forma autônoma e resolver suas próprias questões o levando a visualizar seu próprio potencial do que mostrar para ele a resolução de seus questionamentos. Rogers preferia se referir aos pacientes como cliente.

A condição defendida por Rogers se refere como facilitador no relacionamento entre o psicoterapeuta e o cliente. A consideração positiva é incondicional, a empatia e a congruência; ou seja, considerar e respeitar a pessoa tal como ela é. Empatia é ter a capacidade de se colocar no lugar do outro vendo suas dificuldades a partir da sua ótica, construindo laços de identificação com o paciente.

Seu pensamento educacional consiste na teoria centrada na pessoa, Rogers acredita que a pessoa têm a tendência natural para o crescimento em direções saudáveis

Call Roger foi fundador na terapia centrada no cliente, ele acreditava que o homem está em constante desenvolvimento e que o socializar contribui para o desenvolvimento pessoal e social além de levar o individuo ao alto conhecimento. Para Roger o educador deve buscar motivação intrínseca do aluno, e que a relação professor e aluno promove uma grande contribuição para o processo de aprendizagem do aluno de forma satisfatória. Ele deu ênfase a existência de afeto e do ambiente para a aquisição da aprendizagem.

A abordagem cognitivista diferencia a aprendizagem mecânica da aprendizagem significativa.

  • Aprendizagem mecânica – refere-se  à aprendizagem de novas informações com pouca ou nenhuma associação com conceitos já existentes na estrutura cognitiva.
  • Aprendizagem significativa – processa-se quando um novo conteúdo ( ideias ou informações ) relaciona-se com conceitos relevantes, claros e disponíveis na estrutura cognitiva, sendo assim assimilado por ela.

Jean Piaget, na procura do conhecimento humano criou a teoria psicogenética, essa teoria se trata do modelo explicativo que estabelece as relações existente entre a mente e (a psique humana) e a origem (a gênese) dos processos evolutivos que se desenvolvem no indivíduo.

Utilizando como método de pesquisa a observação e o raciocínio lógico, Jean Piaget começou a estudar como o conhecimento se desenvolve.

Segundo a teoria de Jean Piaget a aprendizagem se dá a partir do processo de desiquilíbrio, assimilação, acomodação e equilibrarão.

Assimilação : Ocorre quando um novo conhecimento é estruturado com outros conhecimentos já existentes. ( Pois é o encontro do que é similar)

Acomodação: Ocorre quando há mudanças nos conhecimentos já existentes ( Possibilita a mudança de velhos conceitos e assimilação do novo).

Equilíbrio: As formas de equilíbrio referem-se ao processo que conduz o sujeito a elaborar novos instrumentos (operatórios, práticos ou conceituais) em suas interações com o real.

David Ausubel (1918 – 2018) Este teórico considera que aprendizagem significativa ocorre quando é levado em consideração as experiências e conhecimentos já existentes do aluno podendo assim ele construir ligações do conhecimento prévio e o novo. Para ele aprendizagem significativa é algo que deve fazer sentido para o aluno.

Para que a aprendizagem significativa ocorre o autor menciona que é necessário que haja duas condições fundamentais:

  • Interesse do aluno para aprender.
  • Recursos desenvolvido para o aluno com o objetivo de proporcionar significado.
  • Significados claros e definidos.

Apenas desta forma é possível se dá a compreensão dos conteúdos.

Referências Bibliográficas: