Maria Montessori e sua Contribuição para a Aprendizagem

Maria Montessori, (1870/1952), foi uma pesquisadora, pedagoga e médica Italiana. A criadora do “Método Montessori” Que trouxe revolução ao ensino da educação infantil.

Nasceu em Chiaravalle, norte da Itália, no dia 31 de agosto de 1870. Estudou medicina na Universidade de Roma. Se formou em Pedagogia, e se envolveu com a liga para a educação de crianças com retardo. Foi nesse período que Maria Montessori adaptou materiais que já existiam e criou outros.

Montessori foi a primeira mulher médica na Itália à segunda na Europa e deixou de ser médica para se dedicar a educação. Em meio a preocupação pela educação de crianças que já havia sido desacreditadas pelo sistema de ensino da época, Montessori prova que através de seu método pode-se promover a aprendizagem dessas crianças. Dedicou a sua vida para o estudo e as pesquisas.

Montessori rompe a ideia que a criança era um adulto em miniatura. Ela entende a criança de forma específica, observando seu processo de desenvolvimento e aprendizagem.

Seu método se baseava no processo de ensino e aprendizagem, valorizando o aluno, colocando-o como centro do processo educacional, ela tem um olhar sensível para o aprendizado da criança, observando como a criança age, aprende, se comporta, como se relaciona, como reage em meio às abordagens e como interage com os materiais propostos.

Valorizava a interação com o aluno, sua individualidade, dando oportunidade dele se expressar e construir sua autonomia. Com muita pesquisa e criatividade Montessori desenvolveu materiais e técnicas que contribuiram para a aprendizagem dos alunos.

Os materiais sensoriais se dividem em seguindo os sentidos: visão, olfato, audição, do tato e do paladar. O objetivo é desenvolver e aumentar o potencial de cada criança.

O Ambiente e os Materiais Montessorianos

O ambiente é completamente preparado tendo como objetivo levar a criança a se sentir a vontade e com liberdade para realizar suas descobertas e aprendizado.

O método parte do concreto para o abstrato. Os materiais que compõem o ambiente são atraentes e contribui para todos os tipos de aprendizagem. Baseia na teoria que a criança aprende pela experiência e descoberta.

O ambiente é adaptado para as crianças, e contém materiais necessários para desenvolver :

  • Vida Prática;
  • Educação dos sentidos;
  • Aquisição da cultura;
  • Outros aprendizados necessários à faixa etária;

Os Pilares:

  • Autoeducação, tendo ideia central que a criança é capaz de aprender sozinha;
  • Educação como ciência, a ideia é o desenvolvimento da criança e o professor irá observá;
  • Ambiente preparado, deve-se ter organização, adaptação segundo a faixa etária do aluno e materiais pedagógicos que promovem aprendizado em varias áreas.
  • Adulto preparado, O professor têm o papel de observador e facilitador. Será dado oportunidade para o aprendizado e somente caso necessário irá intervir
  • Criança equilibrada, o professor contribuirá para que os alunos mantenham-se equilibrados emocionalmente e psicologicamente.

Frases de Maria Montessori

‘Nunca ajude uma criança em uma tarefa que ela sente que pode realizar sozinha.’

”A melhor maneira de aprender é ensinar’

“Nenhum coração sofre com o bem de outrem, mas o triunfo de uma fonte de encantamento e de alegria para os outros, cria frequentemente imitadores.”

A professora não pode só ensinar. Ela deve ver dentro da alma, para ajudar a criança na sua cura. Ela deve formar a personalidade, não pelo ensino, mas falando à sua alma, ao seu espírito, a sua inteligência, com compreensão, humildade e respeito.

A tarefa do professor é preparar motivações para atividades culturais, num ambiente previamente organizado e depois se abster de interferir.

A criança ama tocar os objetos para depois poder reconhecê-los.

As crianças são investidas de poderes não conhecidos, que podem ser as chaves de um futuro melhor.

A curiosidade é um impulso para aprender.

Referências Bibliográficas