Emoções e a aprendizagem — sandra simões

As nossas emoções são o nosso farol, a lanterna interior da nossa atenção. Se nos sentirmos tristes, preocupados, ansiosos, desconectados, a memorização não se dá, logo, a aprendizagem da mensagem, não se aninha em nós. Simples.
Daí, ser fundamental cuidar por dentro, do que pensamos, do que co-criamos, da realidade que percepcionamos, e do modo como as verbalizamos. Aprender a aceitar cada estado que vibra em nós, sem ter que ser necessariamente bom ou mau, permite-nos observar o que estamos a sentir, e o que desejamos fazer com isso, para que possamos nos relacionar com o que vemos, ouvimos e levamos para o nosso crescimento pessoal.
Quanto mais cedo aprendermos a nos escutar e a lidar com as nossas emoções, melhor nos vamos sentir em sociedade e comunidade, reconhecendo o que Já somos, sem esperar a validação (por vezes, subjectiva) do outro, e neste caminho do aprender, vamos fortalecendo o nosso sistema imunitário social, com uma autoestima saudável.

Confira em:https://wordpress.com/read/blogs/135710622/posts/646