A Descoberta da Leitura na Educação Infantil

Além de algo novo a leitura é também  desafiador na educação infantil. Essa descoberta abre caminhos para compreensão do mundo em sua volta, novos questionamentos, reconhecimento de símbolos e formas.

É imprescindível  dar um reforço positivo que venha encorajar os pequenos a gostar da leitura e fazê-la se tornar um hábito. A leitura, estimula o cérebro, contribui para desenvolver a criatividade,  o desenvolvimento da fala, reconhecer novas emoções, reconhecer a necessidade do outro, identificar o que diferencia cada personagem em uma história, aumentar seu vocabulário, a autoestima tendo em vista que ajuda para a aquisição da  autonomia tornando-a capaz de identificar meios de se orientar em determinados ambientes e a se socializar.  

Leva a criança a ter contato com diversas possibilidades da literatura, facilita para descobrir prováveis gostos e a se identificar com determinados tipos de textos. Entretanto, deve-se oferecer diversos tipos de gêneros textuais a fim de explorar a imaginação e estimular a leitura e  novas descobertas.

Segundo o Blog de Matheus Leitão no G1,  dados de 2016 informa que o brasileiro lê em média 2,43 livros por ano. Pensando nisso percebemos a necessidade de levar nossas crianças a serem apreciadores da leitura fazendo uso dela em seu dia a dia.

A literatura infantil é fundamental nesse processo, pois abre as portas para um mundo mágico, que estimula a criatividade.

Apresentamos aqui  algumas formas de estimular a leitura das crianças:

  • Antes do processo de alfabetização leve a criança a conhecer diversos tipos de literatura, como: livros, gibis e  revistas infantis, através da leitura e das figuras que contém em cada livro, pois isso contribuirá para que ela sinta o desejo de aprender a ler.
  • Sempre que realizar uma leitura para a criança faça perguntas se ela gostou da história? qual o personagem que ela mais gostou? o que foi mais engraçado? qual a parte da história que mais chamou a atenção? Enfim explore o que foi lido e faça do livro algo motivador e inspirador para a próxima leitura
  • Facilite o acesso dos livros, permita que ela os organize Aproveite para trabalhar a organização da criança nesse período a levando a ter gosto pelos livros
  • Demonstre seu interesse pela leitura, a sua postura fala mais alto do que suas orientações.
  • Para você mamãe e papai a orientação é ler com eles, a troca sempre fortalece o interesse e contribui para fortalecer os vínculos. Quanto ao educador é imprescindível que além da sua leitura, você realize rodas de leitura e permita que haja uma troca, levando o aluno a perceber e reconhecer cada  personagem e todo contexto da história.
  • Procure oferecer diversos tipos de textos, os chamados gêneros literários.
  • Ao identificar qual o gênero literário ela mais se identifique explore a leitura com aquilo que ela aprecia, pois tudo que gera prazer é mais agradável de se fazer , contudo sempre que possível não deixe de lhe apresentar novas possibilidades tal como: romance, novela, conto, crônica, poema, canção entre outros.
  • Chame a atenção dela para identificar a presença da escrita em todo seu contexto, nas bulas dos remédios, nas latas de Nescau, e produtos de limpeza, placas, bilhetes e demais oportunidades. Isso contribuirá a perceber o mundo em sua volta e a importância da leitura.
  • Acompanhe sempre que possível o dever de casa. Verifique prováveis dificuldades e converse com seu professor. É nesse momento que pode se identificar a presença da dislexia e o ínicio de um acompanhamento adequado. Lembrando que existem diversos tipos de dislexia, ou seja dislexia visual: dificuldades em diferenciar os lados direito e esquerdo, erros na leitura devido à má visualização das palavras. Dislexia auditiva: ocorre devido a carência de percepção dos sons, o que também acarreta dificuldades com a fala. Dislexia mista: é a união de dois ou mais tipos de dislexia. Esse é um momento fundamental no acompanhamento infantil.
  • Proponha atividades que a leve a exercer a leitura. Exemplo: brincar de adedonha ( brincadeira onde você classifica nomes de cidades, personagens, animais e etc.), realizar atividades culinárias ( Bolo, brigadeiros , biscoitos) e a leve a ler os comandos da receita,entre outras.

Há muitas formas de incentivá-la na leitura, e acompanhar esse processo é de suma importância.

“Professor não é o que ensina, mas o que desperta no aluno a vontade de aprender” 

Jean Piaget 1896 – 1980

” A leitura do mundo precede a leitura da palavra”

  Paulo Freire

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.